Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

a poesia e a música popular

a poesia e a música popular [1] Ronald Augusto [2] “deus é o poeta, a música é de satanás” (machado de assis, dom casmurro , cap. ix). a poesia é o mundo da linguagem (décio pignatari, registro mnemônico), a música popular (mp) é a linguagem do mundo. no meu campo de referências, a mp se comporta como um sistema de signos diluidor daqueles elementos que no embate - ou na vivência - da cultura se estabelecem como constituintes pré-fabricados, quase ready-mades . os sinais que indicam a direção dessa cultura. a massa comendo o fino biscoito fabricado. fábrica áfrica. o repertório da mp, mais reduzido, ou melhor, se autoprocessando ruma à kitchização, arrecada maior audiência. sem dúvida alguma que, se a poesia, de uma hora para outra, passasse a ser a moeda usual da fala - favella - cotidiana, seria um salve-se quem puder. a poesia alimenta potencialmente a mp. mas isso não quer dizer que a mp seja desprovida de um aparelho próprio de produção/ as