Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2019

subir ao mural: leituras

SUBIR AO MURAL [1] Marco Aurélio de Souza [2] 1. É sempre arriscado comentar a grande poesia, quer dizer, a poesia que cumula recursos sonoros e semânticos com a precisão de pensamento – que poesia sem pensamento não pode ser grande nem boa, e o pensamento parece estar sempre em falta –, que forja imagens improváveis mediante o desvio incessante da obviedade, é sempre um risco comentar tal poesia: afinal, que pode um comentário dizer sem entregar a imaturidade do leitor? E o leitor de boa poesia, vale dizer, jamais está maduro. 2. A poesia de Ronald Augusto é destas que, por sua qualidade excepcional, intimidam o leitor desavisado, causando neste, ao final de cada poema, um momento de sincera reflexão. Que movimentos fez aqui este poeta? Fui capaz de acompanhá-lo? Tanto maior será o desafio para quem, como eu, pretende o comentário despretensioso (e como dizer com simplicidade o que excede o simples pelo capricho da linguagem?). 3. Publicado em 2017 pela Edit